Breno Ferreira

Opniões e códigos de um desenvolvedor de software .NET.

Posts Tagged ‘windows8

Dual-Boot do Windows 8 via VHD

with 16 comments

Olá pessoal,

A grande novidade da semana é o lançamento do Windows 8 Developer Preview. E como todo grande lançamento, muitas pessoas estão interessadas em instalar, testar, e ver como funciona a nova versão do sistema operacional. Por causa disso, vejo que muitas pessoas estão tendo dificuldades em instalar, ou tentando virtualizar (seja com VMWare ou Virtual Box) e obtendo desempenho abaixo do esperado. Uma maneira de evitar esses problemas de performance é fazer dual-boot através de um VHD (Virtual Hard Disk) com o Windows 8 instalado. É um processo bem simples, porém, para aqueles que não conhecem as ferramentas e um pouco de scripts Powershell, pode ficar meio propício a erros e problemas.

Aviso importante: essa versão do Windows 8 é apenas uma prévia bem rudimentar, e por causa disso, pode não ser muito estável. Não assumo qualquer responsabilidade por problemas ou danos no seu computador. Faça isso por sua conta e risco. Eu, até agora, não tive nenhum problema. Então, preste bastante atenção nos passos desmonstrados aqui e divirta-se!

Caso voce ainda não tenha baixado os arquivos de instalação do Windows 8, clique aqui.

Criando um VHD no Windows 7

Para fazer o dual-boot com um VHD, voce irá precisar ter o Windows 7 instalado na sua máquina. O primeiro passo para criar um VHD no Windows 7 é abrir o Prompt de Comando como Administrador.

image

Depois disso, execute os seguintes comandos:

  1. DISKPART
  2. CREATE VDISK FILE=”c:\Windows8Vhd\Windows8.vhd” MAXIMUM=50000 TYPE=FIXED
  3. SELECT VDISK FILE=”c:\Windows8Vhd\Windows8.vhd”
  4. ATTACH VDISK
  5. CREATE PARTITION PRIMARY
  6. ASSIGN LETTER=V
  7. FORMAT QUICK LABEL=Windows8
  8. EXIT

Repare duas coisas no segundo comando: Estamos definindo um tamanho de 50000 MBs para o VHD, ou seja, 50GB. Caso voce queira um tamanho menor ou maior, altere esse valor (mantendo o valor sempre em Megabytes). Estamos dizendo também que o VHD será do tipo fixo, ou seja, ele irá alocar os 50GB totais de uma vez só no HD. Isso irá ajudar um pouco na performance de acesso a disco. Caso voce queira um disco expansível, troque para “TYPE=expandable”. Mas lembre-se: mesmo que o disco seja expansível, todas as vezes que o boot ocorrer, esse VHD irá ser expandido para o tamanho total. Então, reserve um espaço em disco na sua máquina. Outra coisa importante: esse VHD deve, obrigatoriamente, estar em um disco interno. Ele não poderá estar em HDs externos, pen-drives, etc..

Instalando o Windows 8 no VHD

Agora que o VHD está criado, precisamos instalar o Windows 8 neste VHD. Para não precisarmos reiniciar o Windows, vamos instalar o Windows 8 via Powershell. Para fazer isso, baixe o arquivo Install-WindowsImage.ps1 aqui.

Agora, abra a console do PowerShell como Administrador e execute o seguinte comando:

.\Install-WindowsImage.ps1 -WIM E:\sources\install.wim -Apply -Index 1 -Destination V:\

Neste comando, passamos dois parâmetros importantes:

O caminho para o arquivo .wim de instalação do Windows 8. Para descobrir o caminho deste arquivo no seu computador, monte a ISO de instalação em um drive virtual, ou descompacte a ISO, e pegue o caminho raiz, e adicione o caminho \sources\install.wim. Por exemplo, se voce montou um drive virtual, e esse drive ficou com a letra E:, então o caminho vai ser E:\sources\install.wim. Caso voce tenha descompactado para a pasta C:\Windows8Instalacao, então o caminho vai ser C:\Windows8Instalacao\sources\install.wim.

Outra coisa é o parâmetro Destination. No caso, coloquei V:\, pois quando criamos o VHD (veja comandos acima), definimos a letra V (ASSIGN LETTER=V) para termos um drive virtual apontando para o VHD. Utilize a letra que voce tenha escolhido no comando acima.

Esse processo irá demorar em torno de 10 a 15 minutos, então vá tomar um café, água, coca-cola ou fazer alguma outra coisa.

<edição>

Você poderá obter uma mensagem de erro (Install-WindowsImange.ps1 cannot be loaded because the execution of scripts is disabled on this system. Please see “get-help about_signing” for more details.”)  ao executar esse comando alertando sobre assinatura de scripts. Caso isso aconteça, basta executar o comando:

Set-ExecutionPolicy RemoteSigned

Obrigado por me lembrar Vinicius Amaral por me lembrar!

</edição>

Depois de pronto, precisamos configurar o Dual-Boot.

Configurando Dual-Boot

Para configurar o dual-boot, basta abrir um prompt de comando como administrador novamente e executar o comando abaixo:

bcdboot V:\Windows

Novamente, utilize a letra apropriada para o seu drive virtual que aponta para o VHD.

Reinicie o computador e divirta-se!

Revertendo o processo.

Caso queira remover tudo, basta desconfigurar o dual-boot e depois deletar o VHD do seu computador.

Para desconfigurar o dual-boot, execute o comando abaixo em um prompt de comando aberto como administrador:

bcdedit /delete {identifier} /cleanup

Para descobrir o {identifier} basta executar o comando “bcdedit /v” e copiar o “identifer” da entrada cujo “device” aponta para o VHD no disco. Após isso, delete o VHD do seu computador e pronto.

Abraços

Breno

Written by Breno Ferreira

15/09/2011 at 17:27

Posted in Windows

Tagged with , ,

Novidades do Windows 8

leave a comment »

Olá pessoal,

Hoje, depois de muita espera e ansiedade (da minha parte pelo menos), teve início o BUILD. E o grande anúncio do evento foi o Windows 8. Steven Sinofsky revelou ao mundo os detalhes de como funcionará o Windows 8.

Quick Overview do Windows 8

Realmente, a nova versão do sistema operacional cumpre o que foi prometido. É a maior revolução no SO desde o Windows 95. Se em em 1995 o Windows 95 deslanchou a plataforma PC, o Windows 8, poderá causar uma revolução no mercado de computação móvel (Mobile Computing).

O Windows 8 suportará duas arquiteturas diferentes, x86/x64 e também ARM. Isso significa que o Windows 8 será uma nova maneira de pensar em PCs e Tablets, pois o novo sistema operacional irá suportar os dois tipos de dispositivos. Ele irá funcionar bem tanto em dispositivos Touch-Screen (Tablets), quanto com os bons e velhos mouse e teclado (PCs).

Sobre a interface gráfica, o Windows 8 contará com a nova experiência baseada no estilo Metro (ver figura abaixo), e também possuirá a interface clássica, praticamente idêntica a do Windows 7, onde o usuário poderá usar o Windows da maneira normal, com acesso ao Windows Explorer, Prompts de comando, etc.. Uma coisa que não ficou realmente clara (pelo menos não para mim) é se o Windows 8 rodando em arquitetura ARM (Tablets) irá suportar a interface clássica, e poder rodar os aplicativos "legados” como o Office. Quem sabe daqui a uns dias eu consiga essa resposta.

untitled

Desenvolvimento de Apps

A não ser que você tenha hibernado em uma caverna nos últimos meses, você deve estar sabendo das grandes discussões em torno de qual vai ser a linguagem/framework/API utilizada para criar aplicativos baseados na nova interface do Windows 8. Muitos chegaram a achar que o .NET Framework, e consequentemente linguagens como C# estavam mortas. Isso por que foi dito que as aplicações poderiam ser feitas com HTML5+Javascript. Mas, no evento hoje, Steven Sinofsky sanou, em parte, algumas dessas dúvidas.

windows-8-platform-tools

Como você pode ver na imagem acima mostra que, o Windows 8 irá suportar aplicações feitas com as tecnologias atuais, como .NET e Silverlight, C++ com a Win32 API e HTML+Javascript sobre o Internet Explorer.

Mas há um conceito novo (o qual preciso estudar, pois ainda não foi divulgado muita coisa), chamado Windows Runtime (WinRT). O WinRT é um conjunto de APIs novas que será utilizado para criar os aplicativos “imersivos” baseados no estilo Metro. O grande diferencial do WinRT é que ele irá possibilitar que as aplicações troquem informações entre si, e não sejam “silos” isolados sem nenhum tipo de interação com os vários outros Apps instalados. Na apresentação, foi demonstrado algo bem legal que foi uma aplicação de edição de fotos que conseguia enviar a foto sendo editada com um aplicativo do Facebook, e esse aplicativo, por vez, enviava a foto para um álbum no Facebook. Outro exemplo bacana é que com essas novas APIs do WinRT, o aplicativo irá poder expor dados internos para busca no Sistema Operacional. Por exemplo, um cliente do Twitter poderá expor os twits para serem buscados pelo SO.

O melhor dessas novas APIs do WinRT é que será possível desenvolver aplicativos com a sua linguagem de preferência. Seja você um desenvolvedor de código nativo (C++), .NET (C#/VB) ou Javascript, haverá a possibilidade de utilizar essas APIs novas com todas estas linguagens. A escolha é sua.

Conclusão

O Windows 8 já é uma grande revolução no mundo da tecnologia. Esta nova versão é uma reimaginação do sistema operacional, e é diferente de tudo já visto até hoje.

Caso você queira saber mais detalhes, recomendo assistir ao Keynote do Build que rolou hoje. Basta acessar http://www.buildwindows.com.

E também é muito importante lembrar que o primeiro preview do Windows 8 já está disponível para download. Basta acessar http://dev.windows.com. Lá existem três links:

Em breve, tentarei postar algumas coisas sobre o desenvolvimento de aplicações na nova plataforma e mais alguns detalhes técnicos sobre o Windows 8.

Até lá,

Breno Ferreira

Written by Breno Ferreira

13/09/2011 at 23:41

Posted in Evento

Tagged with , ,